sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Notícias

In:

Força Tarefa completa um ano e se torna ferramenta de redução de crimes em Alagoas

Por Redação com Agência Alagoas

Há um ano a Segurança Pública dava mais um passo para a promoção da paz em Alagoas com a instalação do Força Tarefa. O programa foi lançado em Maceió no dia 21 de março de 2017 e hoje já contempla mais de 20 municípios, fortalecendo as ações de segurança em todas as regiões do Estado.

Nos últimos meses o emprego da tropa da Força Tarefa auxiliou a Segurança Pública no combate a diversos crimes, bem como a redução de homicídios. Atuando de forma integrada com os demais batalhões e tropas especializadas o policiamento nas cidades alagoanas ficou mais intens.

Em maior número na capital, as viaturas da Força Tarefa atuam integradas com guarnições dos Batalhões da Polícia Militar. São empregadas cerca de 40 viaturas durante a semana e 50 entre sexta e domingo, totalizando um efetivo de aproximadamente 150 militare.

Segundo o Comando de Policiamento da Capital (CPC), entre o dia de seu lançamento até agora as equipes apreenderam em Maceió mais de 54 quilos de drogas, 73 armas de fogo, e realizaram, até fevereiro deste ano, 303 prisões.

Em todo o Estado, os investimentos mensais com a Força Tarefa passam de R$ 1 milhão. Os valores são para pagar policiais militares em seu dia de folga R$ 120 por cada serviço. Nos municípios onde há Centros Integrados da Segurança Pública (CISP), as viaturas amarelinhas, como são popularmente conhecidas, incrementam o efetivo.

Avanços

​Para o secretário da Segurança Pública de Alagoas, Lima Júnior, a Força Tarefa trouxe avanços significativos, proporcionando aos policiais militares a possibilidade de atuarem durante suas folgas sem a necessidade de fazerem trabalhos extras. Ele destacou também que os investimentos do Governo do Estado na Segurança Pública tem incrementado o policiamento nas ruas, garantindo mais segurança para a população e, consequentemente, redução de crimes.

“A Força Tarefa tem sido fundamental para a Segurança Pública, investindo recursos próprios nos policiais militares e sendo importante ferramenta de combate ao crime nos municípios. Junto aos Centros Integrados de Segurança as equipes são fundamentais para as estratégias que são adotadas pelas forças policiais”, disse.

Para o comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, coronel Marcos Sampaio, o programa veio para incrementar o policiamento ostensivo e atender os anseios da tropa na luta pelo “bico legal remunerado”, uma vez que o reforço policial utilizando os militares em seu tempo de folga tem intimidado os criminosos e reduzido os índices de violência em Alagoas.

“A Força Tarefa significa um importante passo para a promoção da cultura da paz no Estado e, aliado ao trabalho integrado das forças da Segurança Pública, objetiva cada vez mais reduzir os índices de violência e aumentar a segurança da população”, assegurou o oficial superio.

Além de Maceió, a Força Tarefa foi expandida para Arapiraca, União dos Palmares, Maragogi, Penedo, São Miguel dos Campos, Boca da Mata, Murici, São José da Laje, Girau do Ponciano, São José da Tapera, Cajueiro, Ouro Branco, Viçosa, Atalaia, Palmeira dos Índios, Santana do Ipanema, Delmiro Gouveia, Mata Grande, São Luís do Quitunde, Pão de Açúcar e Igac.

Compartilhe:
Tags: ,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com