sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Notícias

In:

Sesau apresenta Protocolo de Atendimento para Acidentes com Material Biológico

Por Redação com Agência Alagoas
Transmissão dos vírus HIV e Hepatite B e C responde por 52,9% das notificações de acidentes de trabalho em Alagoas. (Foto: Carla Cleto)

Transmissão dos vírus HIV e Hepatite B e C responde por 52,9% das notificações de acidentes de trabalho em Alagoas. (Foto: Carla Cleto)

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), por meio do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), realiza, nesta quinta-feira (27), às 9h, no Hospital Clodolfo Rodrigues, em Santana do Ipanema, a apresentação do Protocolo de Atendimento para Acidentes com Exposição à Material Biológico. O objetivo é subsidiar e qualificar a atuação dos profissionais que, direta ou indiretamente, vinculam-se a atividades que envolvem risco de exposição a sangue e outros materiais biológicos.

O foco é dedicado, especialmente, aos profissionais do setor relacionado à saúde, incluindo os que atuam na assistência domiciliar e no atendimento pré-hospitalar, como bombeiros e socorristas. Além disso, haverá uma orientação sobre o desempenho de gestores e administradores de serviços, tendo em vista a adoção de medidas e iniciativas capazes de prevenir essas ocorrências, reduzindo ao máximo seus riscos e consequências.

Durante a reunião também será apresentado o fluxo de atendimento de pacientes que sofrem esse tipo de acidente. Para isso foram convidados os integrantes da direção médica e administrativa do Hospital Clodolfo Rodrigues, da Coordenação de Enfermagem, dos Núcleos de Vigilância Hospitalar e de Qualidade de Vida do Trabalhador, Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), Setor de Registro Hospitalar, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Vigilância Epidemiológica Municipal.

A expectativa da Sesau é, em última instância, contribuir, de forma prioritária, para o enfrentamento da transmissão do vírus da imunodeficiência humana (HIV), do vírus da hepatite B (HBV) e do vírus da hepatite C (HCV). Estes respondem por 52,9% de todas as notificações do Estado relacionadas aos acidentes e doenças de trabalho, conforme portaria do Ministério da Saúde (MS) n° 204, de 17 de fevereiro de 2016, que define os Acidentes de Trabalho com Materiais Biológicos (ATMBs) como Doenças de Notificação Compulsória.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com