quinta-feira, 18 de julho de 2019

Notícias

In:

UPA de especialidades reforçará atendimento em Maceió

Por Redação com Agência Alagoas
Mais uma UPA na parte alta da capital vai melhorar atendimento médico para quem mais precisa. Fotos: Carla Cleto

Mais uma UPA na parte alta da capital vai melhorar atendimento médico para quem mais precisa. Fotos: Carla Cleto

Um dos bairros mais populosos de Maceió, o Benedito Bentes, ganhará outra Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para garantir mais qualidade no acesso aos serviços de saúde oferecidos para 90% da população de Alagoas que é dependente do SUS. Isso acontecerá após as reformas que serão realizadas no ambulatório 24 horas Denilma Bulhões.

A nova unidade terá a capacidade de realizar cinco mil atendimentos por mês e entre as especialidades que serão ofertadas estão cardiologia, dermatologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, pediatria e atendimentos clínicos. A UPA também irá fazer exames de diagnósticos como raios-X, exames laboratoriais, eletrocardiograma, mamografia, endoscopia e colonoscopia.

A secretária de Estado da Saúde, Rozangela Wyszomirska, reuniu-se, nesta quarta-feira (04), com os servidores do Ambulatório Denilma Bulhões e com líderes comunitários para apresentar o projeto de reforma do ambulatório em UPA.

“As obras devem ter duração entre seis e oito meses e enquanto as reformas estiverem em andamento um dos locais onde a população poderá procurar atendimento será na UPA tipo III, que está capacitada para atender até 450 pessoas por dia, localizadas no próprio bairro do Benedito Bentes”, afirmou a secretária.

A titular da pasta ainda falou sobre outras possibilidades que estão sendo estudadas para acomodar tanto os funcionários do ambulatório e os mais de 220 mil moradores do bairro.

“Estamos conversando com a prefeitura de Maceió e com a direção da UPA para que as especialidades que não são oferecidas pela unidade nós possamos ajudar cedendo servidores do ambulatório enquanto as reformas são realizadas”, disse Rozangela Wyszomirska.

A médica Rozangela Wyszomirska ainda falou que a prioridade da atual gestão é ampliar os serviços de saúde na parte alta da capital que possui um baixo numero de leitos públicos.

“Quando iniciamos os trabalhos em 2015 decidimos priorizar os bairros dessa região de Maceió, dessa forma, colocamos uma base descentralizada do Samu, o que diminuiu tempo resposta nos atendimentos. Também inauguramos uma UPA tipo III no Benedito Bentes e vamos construir o Hospital da Mulher, que já está em fase de licitação, e ficará no bairro do Tabuleiro do Martins”, explicou a titular da saúde sobre a descentralização dos serviços públicos de saúde da capital, que estão mais concentrados na parte baixa de Maceió.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com