domingo, 18 de agosto de 2019

Notícias

In:

Aplauso exibe especial Selma Reis, um ano de saudade

Por Redação com Agência Alagoas

O Aplauso deste final de semana relembra a trajetória da cantora Selma Reis. Considerada por críticos como uma das grandes vozes do Brasil, a cantora que também era atriz faleceu em 19 de dezembro de 2015, aos 55 anos.  Ela participou de várias novelas e minisséries da Rede Globo e gravou 11 álbuns. Na Difusora, o programa vai ao ar sábado (24), às 15 horas; e na Educativa FM, domingo (25), às 10 horas.

 

Carioca de São Gonçalo, Selma Reis foi influenciada pelas rodas seresteiras que aconteciam em sua família. Quando foi morar em Nantes, na França, ingressou no curso de Letras e em alguns cursos de música e de técnica vocal. Em 1987, gravou o primeiro disco “Selma Reis”, interpretando composições de Sueli Costa, Capinam, Gereba e Geraldo Azevedo. Em 1991, ela lançou o disco “Só dói quando eu rio“.

 

Selma participou, em 1999, do musical “Abre-alas”, representando a personagem Mimi, ao lado de Rosamaria Murtinho. Em 2002,  desenvolveu um projeto para atuar ao lado da bailarina Ana Botafogo, em espetáculo de dança e voz.

 

Seu último trabalho, “Poeta da voz”, saiu em 2009 com canções de Paulo César Pinheiro, com os clássicos do samba. O disco contou com a participação do autor homenageado, com Diogo Nogueira e Beth Carvalho.

 

 A artista gravou 11 discos, sendo que o primeiro foi lançado em 1987. Já na televisão, participou das novelas “Caminho das Índias” (2009), “Páginas da Vida” (2006) e das minisséries “Presença de Anita” (2001) e “Chiquinha Gonzaga” (1999).

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com