sábado, 19 de outubro de 2019

Notícias

In:

Prefeito e 9 seguranças morrem em operação antidrogas nas Filipinas

Por Redação com G1

Um prefeito que fazia parte de uma lista de pessoas vinculadas ao tráfico de drogas e nove guarda-costas dele morreram nesta sexta-feira (28) em um tiroteio durante uma operação policial da campanha antidrogas lançada pelo presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte.

Tiroteio aconteceu nesta madrugada em uma blitz em Makilala, um município da província de Cotabato, na sulina Ilha de Mindanao, informou o porta-voz da Polícia de Mindanao Central, Romeo Galgo. Agentes antidrogas foram inspecionar a caravana na qual viajava o prefeito Samsudin Dimaukom de Datu Saudita e foram recebidos a tiros pelos ocupantes dos veículos, o que provocou a troca de tiros.

A polícia tinha recebido uma denúncia que o comboio de Dimaukom transportava entorpecentes.

Ontem à noite, Duterte disse que previa que sua campanha para salvar às Filipinas das drogas causaria entre 20 mil e 30 mil mortes a mais.

Segundo dados oficiais, 4.726 pessoas morreram desde o início da campanha com o mandato de Duterte, em 30 de junho, delas 1.725 morreram em operações policiais e as 3.001 nas mãos de grupos civis que fazem justiça por conta própria.

O governo publicou em agosto uma lista de 159 juízes, políticos, militares e policiais envolvidos no narcotráfico, entre eles Dimaukom. Duterte disse ontem à noite que tinha uma lista ainda maior de pessoas vinculadas ao tráfico, mas não revelou nomes.

Compartilhe:
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com