terça-feira, 15 de outubro de 2019

Notícias

In:

Governadores pedem mudança no projeto de lei que renegocia dívidas com a União

Por Redação com Agência Alagoas
Na reunião foi discutida a mudança do projeto de lei que renegocia dívidas dos estados com a União. (Foto: Jonas Pereira/Agência Senado)

Na reunião foi discutida a mudança do projeto de lei que renegocia dívidas dos estados com a União. (Foto: Jonas Pereira/Agência Senado)

O governador Renan Filho participou de uma reunião em Brasília ontem(16), com sete governadores dos estados do Centro-Oeste, Norte, Nordeste, além do presidente do Senado, Renan Calheiros. A pauta foi a reivindicação por uma mudança do projeto de lei que renegocia dívidas dos estados com a União. Na agenda do dia também houve um encontro com o presidente interino Michel Temer, para tratar dos repasses e liberações de empréstimos.

Para o governador de Alagoas, Renan Filho, é necessário discutir novas fontes de recursos para os estados prejudicados, como autorizações para a obtenção de novos créditos da União. Ele ressaltou que todas as ideias serão debatidas entre os governadores e Michel Temer, e que o importante é fortalecer o equilíbrio federativo.

“Nós estamos aqui pleiteando somente decisões que possam beneficiar todo o país, de maneira equânime, e permitir que todos os estados enfrentem a crise de cabeça erguida. O Brasil é um só: ou sairemos todos juntos da crise ou ficaremos todos juntos nela”, afirmou Renan Filho.

Durante a reunião, o senador Renan Calheiros comunicou que a renegociação da dívida dos estados com a União não foi feita de forma equilibrada. O senador ouviu também reclamações sobre falta de isonomia nas relações econômicas entre a União e seus entes federados.

Pelas regras, os estados terão um alongamento, por 20 anos, do prazo para quitação das dívidas estaduais com a União, além da suspensão dos pagamentos até o fim deste ano – com retomada gradual de 2017 em diante – e alongamento por 10 anos, com quatro anos de carência, de cinco linhas de crédito do BNDES.

Salários em dia

O governador Renan Filho vem ressaltando, no decorrer de seu governo, que o atual cenário da economia brasileira é difícil e, atualmente, alguns estados já não pagam os salários dos servidores. “O Estado de Alagoas é um dos poucos onde o servidor público é devidamente valorizado, com pagamentos em dia. Além disso, continuamos investindo em melhorias para o Estado”, finalizou o governador.

Compartilhe:
Tags: ,,,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com