sexta-feira, 26 de Abril de 2019

Notícias

In:

Robinho fecha com Dry World e se aproxima do Galo

Por Redação Com ESPN
(foto: Getty) Robinho, em treino ainda pelo Guangzhou Evergrande, no final de 2015

(foto: Getty) Robinho, em treino ainda pelo Guangzhou Evergrande, no final de 2015

O presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, é aguardado em São Paulo para se reunir com a advogada e representante de Robinho, Marisa Alija. O cartola ainda trata o acordo com o possível reforço com cautela, mas já encaminhou projeto que pode fazer com que seu salário supere R$ 800 mil mensais através de metas e conta com um aliado de peso: a canadense Dry World.

A nova fabricante de material esportivo do clube está disposta a intermediar a ida do veterano para a Cidade do Galo.

Em contrato costurado pelo mandatário da companhia, Claudio Escobar, Robinho fechou para ser garoto-propaganda da marca até o fim de 2017. A informação foi antecipada pelo site Superesportes.

A princípio, havia a possibilidade de a parceria ser estendida até mesmo ao Santos, que foi procurado pela Dry World com o interesse de substituir a Nike no ano passado. A empresa ainda não entrou em São Paulo e, em sua chegada ao Brasil, adota a política de uma equipe por estado. Fluminense, Goiás e Santa Cruz são as outras que assinaram até aqui.

Na Vila Belmiro, o clima é de pessimismo.

Segundo o ESPN.com.br apurou, o técnico Dorival Jr. confessou a pessoas próximas que o atleta de 32 anos não deverá vir. O Grêmio também se retirou do páreo.

Para seduzir Robinho, o Atlético-MG está disposto a pagar um salário fixo de R$ 450 mil, que seria, então, elevado a partir de objetivos que incluem número mínimo de jogos, gols e conquista da Libertadores, principal obsessão do presidente Daniel Nepomuceno. A mesma receita foi utilizada com Ronaldinho Gaúcho.

A negociação para a chegada do atacante não tem relação direta com a saída de Lucas Pratto para o futebol chinês. Conforme mostrado pela reportagem, o clube aguarda chegada de nova oferta do Hebei Fortune e se dispõe a fechar a partir de 17 milhões de euros (cerca de R$ 73 milhões).

A peça de reposição, nesse caso, viria provavelmente da Argentina. Rafael Moura, que deve rescindir com o Inter, é alternativa.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com