sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Notícias

In:

Paulão critica cultura de violência e machismo contra mulheres

Por Redação com Assessoria
Assessoria

Assessoria

O Mapa da Violência 2015: Homicídio de Mulheres, divulgado esta semana pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), foi tema de discurso do deputado Paulão (PT/AL) na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (10). Conforme o parlamentar, os crimes se devem a uma cultura de violência e machismo, que cada vez mais vitimam o sexo feminino.

Segundo a pesquisa, entre 2003 e 2013 houve forte avanço de homicídios de mulheres, com aumento de 54% de feminicídios entre as mulheres de etnia negra. “É uma realidade já constatada por nós durante a CPI da Violência Contra os Jovens Negros. A maioria dos assassinatos ocorridos no país é de negros e pobres”, observou Paulão.

Lembrando a passagem do próximo Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, Paulão disse que é necessário combater também o racismo que ainda é bastante forte no Brasil e tem ocasionado diversos crimes.

O Mapa revelou que o Brasil está em 5º lugar no mundo em violência de gênero e que Alagoas é o quarto Estado mais violento para as mulheres. Além disso, em dez anos a taxa de feminicídios cresceu 92,5% em Alagoas; a capital  Maceió está em 2º lugar nesse ranking quando comparada com as taxas de outras capitais, ficando atrás apenas de Vitória, no Espírito Santo.

Ao analisar os dados, Paulão defendeu que seja feito um esforço conjunto do Parlamento, dos governos estaduais, do Judiciário e da sociedade civil, no sentido de conscientizar, educar, prevenir e combater duramente todo e qualquer tipo de violência de gênero e de racismo no Brasil.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com