quinta-feira, 18 de julho de 2019

Notícias

In:

Cruzamento industrial melhora produtividade da pecuária de corte de AL

Por Ivan1
Segundo pesquisadores, resultado da mistura das duas raças é uma carne mais macia e suculenta, além do ganho da produtividade do animal no campo (Foto: Marcelo Selistre)

Segundo pesquisadores, resultado da mistura das duas raças é uma carne mais macia e suculenta, além do ganho da produtividade do animal no campo (Foto: Marcelo Selistre)

  Para otimizar a produtividade da pecuária de corte em Alagoas, o Governo, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seapa), incentiva o cruzamento industrial das raças nelore a angus. A tecnologia, desenvolvida em parceria com a ABS Pecplan, proporciona a melhoraria da qualidade genética do rebanho e, consequentemente, na produção de carne.
“O resultado da mistura destas duas raças é uma carne mais macia e suculenta, além do ganho da produtividade do animal no campo. O Estado colhe excelentes frutos e desponta como um celeiro na produção de bezerros precoces”, declarou Álvaro Vasconcelos, secretário da Agricultura de Alagoas.
O avanço do cruzamento industrial coloca o Estado entre os principais produtores de carne da região Nordeste. “Apenas Bahia e Maranhão podem estar à frente”, afirmou Romero Cavalcante, supervisor da ABS Pecplan, lembrando que a Nelore é a mais importante raça de corte que existe no país, representando mais de 70% do rebanho brasileiro.
“O grande trunfo são as matrizes aneloradas que são cruzadas com a raça angus, que tem a melhor carne do mundo em termos de maciez e suculência. Com isso, ganha o criador e o consumidor”, destacou Fred Andrade, representante de Alagoas na ABS Pecplan.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com